Efeito da melatonina em espermatozóides de equino



A importância biológica e a complexidade funcional do espermatozóide tornam esta célula num objecto de pesquisa cada vez mais aprofundada. A propriedade da melatonina como antioxidante, assim como a recente descoberta da sua presença no plasma seminal surgiram como fundamentos para este projecto de investigação: determinar, pela análise computorizada de motilidade e por citometria de fluxo as alterações ocorridas nos parâmetros espermáticos, nomeadamente integridade de membrana e viabilidade, desorganização de membrana, peroxidação lipídica e potencial de membrana mitocondrial, após incubação de amostras com melatonina, permitindo retirar informações acerca do stress oxidativo na célula espermática. Foram analisados três ejaculados de quatro garanhões, tendo sido obtidos resultados favoráveis principalmente no que diz respeito à peroxidação lipídica. Conclui-se que a melatonina é um antioxidante redutor do stress oxidativo e portanto do ataque pelas espécies reactivas de oxigénio, protegendo os espermatozóides.

Source http://www.repository.utl.pt/handle/10400.5/2193




www.keymelatonin.com
web stats