Melatonina e câncer - revisão da literatura



Este trabalho apresenta uma revisão da literatura das três últimas décadas sobre o papel da melatonina (MEL) na etiopatogenia e no tratamento do câncer. Os principais mecanismos de ação da MEL envolvem a regulação imunológica, efeitos bioquímicos e metabólicos. São relatados estudos in vitro e in vivo, inclusive em humanos com neoplasias malignas avançadas e/ou metastáticas, como tumores de mama, próstata, pulmonar, gástrico,
hepático, ovariano e de intestino. Duas ações benéficas da MEL no tratamento do câncer são aparentemente importantes: a oncostática e a protetora contra os efeitos adversos da quimioterapia (mielossupressores, neurotóxicos e hematológicos). A MEL também passou a ser utilizada em uma nova modalidade de terapia oncológica, a imunoterapia, na década de 1990 para tratar pacientes com câncer de pulmão de células não-pequenas.
Palavras-chave: Melatonina; Neoplasias; Imunoterapia; Glândula pineal.

Download: Melatonin and cancer - a review of the literature
Júlio Anselmo Sousa Neto1, Paulo Mallard Scaldaferri2






www.keymelatonin.com
web stats